quinta-feira, 6 de maio de 2010

Chinelos customizados

Na semana passada fui passear com uma amiga na 25 de março. Fomos atrás de botões bonitinhos para minhas invenções de patchwork e tecido. Acabei encontrando coisas bem interessantes. Entramos em uma loja que só vendia acessórios para customizar sandálias "havaianas", não resisti, comprei algumas coisinhas....Na verdade, comprei dois piercings de sandália. Um parecia um alfinetinho e o outro tinha um parafusinho. Não tendo a mínima idéia de como usar...comprei mesmo assim. A vendedora me recomendou um cordão para fazer o macramê. Não tendo a mínima idéia como fazer macramê....Comprei mesmo assim. Nada como uma boa desculpinha para aprender a fazer alguma coisa nova. Devidamente munida de sandalias plasticas, fitas, contas, piercings de sandalias comecei a minha jornada...

Experiencia 1: Dei um google em customização de havainas. Vi em alguns tutoriais que eles enrolavam fita de cetim nas tiras e depois colavam com a cola instantanea. E existia ainda a opção de decoupage na sandália (com tecido ou com papel).

Decidi começar por esta experiência. Com calma segui o protocolo da internet:

1. Recortei com sobra o tecido e passei termolina (2 demãos), deixei secar naturalmente. Pulo do gato que ninguem conta: dizem que tanto faz passar a termolina do lado direito ou do lado avesso. Passe do lado direito, se passar do avesso, as vezes o tecido não fica encharcado direito com termolina e o lado direito fica manchado (partes com termolina e outras sem), isso interfere no resultado final.

2. Passei cola de contato no tecido e na sandália e colei, deixei secar naturalmente. Pulo do gato que ninguem conta: dizem que é para cortar o tecido certinho e fazer a colagem. Deixe sobra, depois que a cola secar o tecido dá uma encolhidinha.

3. Passe cola pano sobre o tecido para finalizar, desse jeito você evita que desfie. (1 demão)

4. Espere secar naturalmente. Demora 24 horas. Espere mesmo!!!

5. Coloque um pinguinho de cola instantanea na base da tira e enrole a fita de cetim. De vez em quando pingue mais um pouquinho de cola instantanea. Não precisa de muito (Pulo do gato que ninguem conta: se você usar um pouquinho só de cola, ela não mancha a fita de cetim). Coloque a cola na parte de baixo da tira, para não ficar aparente. Ao final coloque um pouquinho de cola, corte a tira bem rente e pronto.

6. Depois de tudo seco, com ajuda de uma tesoura reabri os furinhos da base da sandália e passei as tiras, para dar um acabamentozinho, com cola instantanea colei duas continhas na frente da sandália.

Olha só como ficou a minha primeira experiencia


Essa ainda está cheia de falhas. Amanhã coloco aqui as versões melhoradas, feitas com os cordões, macramê e a análise dos piercings de sandalia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário